DOENÇA DE CHAGAS NO BRASIL: ESTUDO TRANSVERSAL COM BASE NOS DADOS REFERENTES AO PERÍODO DE 2017-2018

Esther Barbosa Gonçalves Felix, Clarice Maria de Moraes Ferreira, Larissa Alencar Santos, Suelen Laenny Grangeiro Teotonio, Pedro Walisson Gomes Feitosa, André de Oliveira Porto

Resumo


Introdução: A doença de Chagas é uma patologia causada pelo parasita Trypanosoma cruzi, que tem como hospedeiro definitivo o homem. Mais de 100 anos após sua descoberta pelo médico Carlos Chagas, em 1909, essa doença continua a atingir a população brasileira, trazendo grandes impactos nos índices de morbimortalidade do país. Objetivo: Esse estudo objetiva analisar as notificações de Doença de Chagas no Brasil no período de 2017-2018 a partir do Boletim Epidemiológico produzido pelo Ministério da Saúde. Metodologia: Foi realizado um estudo transversal e retrospectivo, tendo como fonte de dados o boletim supracitado. Ademais, foram selecionados artigos publicados no período de 2009-2020 disponíveis nas bases de dados online Scopus e Medline. Resultados: Em 2018, foram registrados 380 casos confirmados de doença de Chagas em fase aguda (DCA). A região Norte registrou a maior proporção de casos do país (92,1%), com 76,3% dos casos residindo no estado do Pará. A maioria dos casos ocorreu em indivíduos do sexo masculino, com idade média de 32,9 anos e com a via oral como forma de transmissão mais comum. Em 2017, 4.543 óbitos com DC como causa básica foram registrados, sendo uma das quatro maiores causas de mortes por doenças infecciosas e parasitárias no país. A maior proporção foi em indivíduos do sexo masculino (53,3%), e na faixa etária acima de 60 anos (79,1%). Conclusão: A Doença de Chagas no Brasil apresenta-se em plena transmissibilidade, acarretando índices de morbimortalidade relevantes e levando a consequências psico-físico-culturais importantes.

Palavras-chave: Doença de Chagas; Brasil; Epidemiologia.

 


Referências


ARRUDA, Hilda Maria Benevides da Silva de; RIBEIRO, Marcelle Araújo; SILVA, Antonia Marilene da; VASCONCELOS, Daniel; OLIVEIRA, Maria Regina Fernandes de; NORONHA, Elza Ferreira. Epidemiological features, echocardiographic findings, and parasite load in patients with Chagas disease. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, [s.l.], v. 52, e20180541, 2019. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/0037-8682-0541-2018

BRASIL. Doenças negligenciadas: estratégias do Ministério da Saúde. Revista de Saúde Pública, [s.l.], v. 44, n. 1, p. 200-202, fev. 2010. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/s0034-89102010000100023.

CARLIER, Yves; SOSA-ESTANI, Sergio; LUQUETTI, Alejandro O; BUEKENS, Pierre. Congenital Chagas disease: anupdate. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz, [s.l.], v. 110, n. 3, p. 363-368, 6 mar. 2015. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/0074-02760140405.

CAVALCANTI, Marília Abrantes Fernandes; NASCIMENTO, Ellany Gurgel Cosme do; ALCHIERI, João Carlos; ANDRADE, Cléber de Mesquita. Manifestações e estratégias de enfrentamento da Doença de Chagas que interferem na qualidade de vida do indivíduo: uma revisão sistemática. Ciência & Saúde Coletiva, [s.l.], v. 24, n. 4, p. 1405-1416, abr. 2019. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/1413-81232018243.11842017.

COURA, José Rodrigues; DIAS, João Carlos Pinto. Epidemiology, control and surveillance of Chagas disease: 100 years after its discovery. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz, [s.l.], v. 104, n. 1, p. 31-40, jul. 2009. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/s0074-02762009000900006.

DAFLON-TEIXEIRA, Natalia Faria; COUTINHO, Carolina; GOMES, Taís Ferreira; TOMA, Helena Keiko; DUARTE, Rosemere; BÓIA, Márcio Neves; CARVALHO-COSTA, Filipe Anibal; ALMEIDA, Carlos Eduardo; LIMA, Marli Maria. Multiple Approaches to Address Potential Risk Factors of Chagas Disease Transmission in Northeastern Brazil. The American Journal Of Tropical Medicine And Hygiene, [s.l.], v. 100, n. 2, p. 296-302, 6 fev. 2019. American Society of Tropical Medicine and Hygiene. http://dx.doi.org/10.4269/ajtmh.18-0480.

DIAS, João Carlos Pinto; AMATO NETO, Vicente. Prevenção referente às modalidades alternativas de transmissão do Trypanosoma cruzi no Brasil. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, [s.l.], v. 44, n. 2, p. 68-72, 2011. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/s0037-86822011000800011.

DIAS, João Carlos Pinto. Human Chagas Disease and Migration in the Context of Globalization: some particular aspects. Journal Of Tropical Medicine, [s.l.], v. 2013, p. 1-9, 2013. Hindawi Limited. http://dx.doi.org/10.1155/2013/789758.

DIAS, João Carlos Pinto; RAMOS, Alberto Novaes; GONTIJO, Eliane Dias; LUQUETTI, Alejandro; SHIKANAI-YASUDA, Maria Aparecida; COURA, José Rodrigues; TORRES, Rosália Morais; MELO, José Renan da Cunha; ALMEIDA, Eros Antonio de; OLIVEIRA JUNIOR, Wilson de. II Consenso Brasileiro em Doença de Chagas, 2015. Epidemiologia e Serviços de Saúde, [s.l.], v. 25, n. 21, p. 1-10, jun. 2016. Instituto Evandro Chagas. http://dx.doi.org/10.5123/s1679-49742016000500002.

GUARNER, Jeannette. Chagas disease as example of a reemerging parasite. Seminars In Diagnostic Pathology, [s.l.], v. 36, n. 3, p. 164-169, maio 2019. Elsevier BV. http://dx.doi.org/10.1053/j.semdp.2019.04.008.

IBGE – INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios: distribuição da população por cor ou raça. Rio de Janeiro, 2016.

LESCURE, François-xavier; CANESTRI, Ana; MELLIEZ, Hugues; JAURÉGUIBERRY, Stéphane; DEVELOUX, Michel; DORENT, Richard; GUIARD-SCHMID, Jean-baptiste; BONNARD, Philippe; AJANA, Faïza; ROLLA, Valeria. Chagas Disease, France. Emerging Infectious Diseases, [s.l.], v. 14, n. 4, p. 644-646, abr. 2008. Centers for Disease Control and Prevention (CDC). http://dx.doi.org/10.3201/eid1404.070489.

MARTINS-MELO, Francisco Rogerlândio; RAMOS JUNIOR, Alberto Novaes; ALENCAR, Carlos Henrique; HEUKELBACH, Jorg. Mortality due to Chagas disease in Brazil from 1979 to 2009: trends and regional differences. The Journal Of Infection In Developing Countries, [s.l.], v. 6, n. 11, p. 817-824, 26 nov. 2012. Journal of Infection in Developing Countries. http://dx.doi.org/10.3855/jidc.2459.

SÁ, Dominichi Miranda de. A Ciência e a Belle Époque na Capital Federal no início do século XX: belle époque. Fiocruz: Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz, Rio de Janeiro, p. 36-39, 2017. Semanal

SANTOS, Valéria Regina Cavalcante dos; ANTUNES, Dina; SOUZA, Dilma do Socorro Moraes de; MOREIRA, Otacilio Cruz; LIMA, Igor Campos de Almeida; A FARIAS-DE-OLIVEIRA, Désio; LOBO, João Pedro; MEIS, Ernesto de; COURA, José Rodrigues; SAVINO, Wilson. Human acute Chagas disease: changes in factor VII, activated protein C and hepatic enzymes from patients of oral outbreaks in Pará State (Brazilian Amazon). Memórias do Instituto Oswaldo Cruz, [s.l.], v. 115, p. 12-16, 2020. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/0074-.

SAÚDE, Secretaria de Vigilância em. Panorama da doença de Chagas no Brasil. Boletim Epidemiológico, Brasília, v. 50, n. 36, p. 1-7, 2019. Coordenação-Geral de Vigilância de Zoonoses e Doenças de Transmissão Vetorial (CGZV/DEIDT/SVS)*.

SCHMUNIS, Gabriel A.; YADON, ZaidaE.. Chagas disease: Latin American health problem becoming a world health problem. Acta Tropica, [s.l.], v. 115, n. 1-2, p. 14-21, jul. 2010. Elsevier BV. http://dx.doi.org/10.1016/j.actatropica.2009.11.003.

SILVEIRA, Antônio Carlos; DIAS, João Carlos Pinto. O controle da transmissão vetorial. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, [s.l.], v. 44, n. 2, p. 52-63, 2011. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/s0037-86822011000800009.

SIMÕES, Marcus Vinicius; ROMANO, Minna Moreira Dias; SCHMIDT, André; MARTINS, Káryta Suely Macedo; MARIN-NETO, José Antonio. Chagas Disease Cardiomyopathy. International Journal Of Cardiovascular Sciences, [s.l.], v 31, n. 2, p. 173-189, abr. 2018. Sociedade Brasileira de Cardiologia. http://dx.doi.org/10.5935/2359-4802.20180011.

SOUZA, Helen Paredes de; OLIVEIRA, Wanessa Tenório Gonçalves Holanda de; SANTOS, Jefferson Pereira Caldas dos; TOLEDO, João Paulo; FERREIRA, Isis Polianna Silva; ESASHIKA, Suely Nilsa Guedes de Sousa; LIMA, Tatiane Fernandes Portal de; DELÁCIO, Amanda de Sousa. Doenças infecciosas e parasitárias no Brasil de 2010 a 2017: aspectos para vigilância em saúde. Revista Panamericana de Salud Pública, [s.l.], v. 44, p. 1, 10 fev. 2020. Pan American Health Organization. http://dx.doi.org/10.26633/rpsp.2020.10

STRASEN, Jörn; WILLIAMS, Tatjana; ERTL, Georg; ZOLLER, Thomas; STICH, August; RITTER, Oliver. Epidemiology of Chagas disease in Europe: many calculations, little knowledge. Clinical Research In Cardiology, [s.l.], v. 103, n. 1, p. 1-10, 29 ago. 2013. Springer Science and Business Media LLC. http://dx.doi.org/10.1007/s00392-013-0613-y.

VILLELA, Marcos Marreiro; PIMENTA, Denise Nacif; LAMOUNIER, Paulo Acácio; DIAS, João Carlos Pinto. Avaliação de conhecimentos e práticas que adultos e crianças têm acerca da doença de Chagas e seus vetores em região endêmica de Minas Gerais, Brasil. Cadernos de Saúde Pública, [s.l.], v. 25, n. 8, p. 1701-1710, ago. 2009a. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/s0102-311x2009000800006.

VILLELA, Marcos Marreiro; SOUZA, Janice Maria Borba de; MELO, Vicente de Paula; DIAS, João Carlos Pinto. Avaliação do Programa de Controle da Doença de Chagas em relação à presença de Panstrongylusmegistus na região centro-oeste do Estado de Minas Gerais, Brasil. Cadernos de Saúde Pública, [s.l.], v. 25, n. 4, p. 907-917, abr. 2009. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/s0102-311x2009000400022.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.