A CONTRIBUIÇÃO DA GESTALT-TERAPIA NA VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER EM TEMPOS DE PANDEMIA DA COVID-19

Micheline da Cruz Costa Sena, Kariciane Santos Teles, Marcus Cezar Belmino

Resumo


O presente artigo apresenta uma discussão sobre o aumento dos casos de violência contra a mulher em tempos de isolamento social devido a pandemia da COVID – 19 e as contribuições da gestalt-terapia nesse processo. A violência doméstica contra as mulheres atinge números alarmantes, é multifatorial, envolvem questões não só de gênero, mas de dominação, machismo e desigualdade, além de impactar negativamente não só a mulher vítima, mas seus familiares ou os que presenciam tais atos de violência. Portanto como objetivo geral iremos discutir a contribuição da Gestalt-terapia no auxílio às mulheres no enfrentamento da violência doméstica em tempos de pandemia da COVID -19 e de maneira mais específica a pesquisa irá: realizar uma discussão sobre os tipos de violência e como o fenômeno da violência às mulheres ocorre em situações dentro e fora do momento atual da pandemia; apresentar como a Gestalt-terapia e a psicologia podem contribuir nas medidas de prevenção e de promoção à vida e à saúde física e emocional das mulheres. Trata-se de uma revisão de literatura que se caracteriza como uma pesquisa descritiva e exploratória. Nesse processo abordaremos os tipos de violência, as contribuições da gestalt-terapia no ciclo da violência e as redes de apoio às vítimas e formas de intervenção.

DOI: http://dx.doi.org/10.16891/2317-434X.v8.e3.a2020.pp675-683

 

 


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.