LINGUAGEM CORPORAL E COMUNICAÇÃO: A CRIANÇA E O BRINCAR

George Almeida Lima, Maria Luciléia Gonçalves Da Silva

Resumo


Desde o início da sua vida o ser humano utiliza o corpo como uma ferramenta da linguagem. É na escola em que há o primeiro contato social da criança fora do contexto familiar, e para que ela interaja socialmente, ela utiliza o corpo como ferramenta de comunicação e o brincar como uma ação que desencadeia a exploração do meio em que a criança está inserida. Desta forma, faz-se necessária a compreensão das relações entre a brincadeira e a escola. O presente trabalho objetiva a análise da linguagem corporal como uma ferramenta de comunicação da criança, bem como a utilização da brincadeira como um meio de desenvolvimento do aluno. A metodologia utilizada foi à revisão bibliográfica, onde foram analisadas obras de autores que tratam da temática em questão. A escola, como um espaço de propagação do conhecimento deve reconhecer as múltiplas facetas da linguagem, ela não deve se restringir apenas a inguagem verbal, é necessário a compreensão de que o aluno utiliza o corpo como uma ferramenta de comunicação, onde através da linguagem corporal a criança se comunica com o mundo que a cerca, se socializando através das brincadeiras, utilizando a ludicidade como uma ferramenta de inserção social e comunicação. Para que o aluno possa explorar o ambiente e utilizar os gestos corporais de maneira espontânea, o professor tem um papel preponderante, ele precisa respeitar a cultura que o aluno já possui, ampliando sua confiança no ambiente em que ele está inserido, dando-lhe segurança e autonomia para explorar o meio social.

DOI: 10.16891/2317-434X.v9.e1.a2021.pp969-974

 

 


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.